O tenista João Sousa, 48.º do ‘ranking' mundial, afirmou hoje que é possível superar a sua melhor posição de sempre na tabela (28.º lugar), depois de se ter tornado o primeiro português a vencer o Estoril Open.

Recebido hoje na Câmara Municipal de Guimarães após ter vencido, no domingo, a única prova lusa do circuito ATP - derrotou o norte-americano Frances Tiafoe por duplo 6-4 -, o vimaranense considera ainda ser possível ultrapassar a marca atingida em maio de 2016, após ter chegado aos quartos de final do Masters 1000 de Madrid (Espanha).

"Sim, porque não [superar o 28.º lugar]? É um objetivo que temos em mente, sem dúvida. Não vou negá-lo. Como disse, há muito trabalho a fazer. Temos vindo a trabalhar muito bem. Acho que estamos no bom caminho. Ser perseverante é muito importante", disse, à margem da homenagem do salão nobre dos Paços do Concelho.

No rescaldo da terceira vitória no circuito, todas elas em torneios ATP 250 - já vencera em Kuala Lumpur (Malásia), em 2013, e em Valência (Espanha), em 2015 -, João Sousa realçou que, para subir de patamar, falta-lhe ainda "ser melhor jogador" e "alcançar o melhor nível de ténis", pelo que precisa de "continuar a trabalhar".

O tenista aproveitou ainda para recordar a "semana de sonho" vivida no Clube de Ténis do Estoril, que o levou ao "melhor título da carreira", tendo sublinhado o bem-estar físico e mental que o levaram a acreditar na vitória em todos os jogos da prova e o "carinho" que sentiu e continua a sentir da parte dos portugueses.

"Consegui vencer uma final muito emotiva, com uma entrada em que começaram a cantar o hino nacional. São momentos que vão ficar na minha memória para sempre", lembrou.

Após a primeira vitória em terra batida, na quinta final nesse piso - soma 10 finais na carreira -, João Sousa regressa à competição já na próxima semana, no Masters 1000 de Roma (Itália), onde promete "entrar com tudo para fazer um bom torneio", mas "sem expectativas" quanto a resultados.

Apesar de querer chegar a um "grande nível" e de estar motivado para "alcançar ainda melhores títulos", João Sousa realçou que não sente agora mais responsabilidade para alcançar resultados ainda melhores do que os já atingidos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.