O tenista português João Sousa, que fez dupla com o espanhol Pablo Carreño-Busta, foi esta quarta-feira eliminado na primeira ronda de pares do Open da Austrália, ao perder com o indiano Divij Sharan e o neozelandês Artem Sitak.

O vimaranense despede-se assim do primeiro ‘Grand Slam’ do ano, disputado em Melbourne, um dia depois de ter caído na primeira ronda do torneio de singulares contra o argentino Federico Delbonis.

Hoje, a dupla luso-espanhola cedeu em dois ‘sets’, pelos parciais 4-6 e 5-7, após uma hora e vinte e oito minutos de confronto.

Em 2019, Sousa, 59.º na hierarquia ATP, chegou à terceira ronda de singulares no Open da Austrália e foi semifinalista em pares, ao lado do argentino Leonardo Mayer.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.