O tenista alemão Alexander Zverev subiu ao terceiro posto do ranking ATP e igualou o lugar mais alto da sua ainda curta carreira, enquanto o português João Sousa perdeu três lugares e caiu para a 67.ª posição.

Zverev, de 21 anos, alcançou na última semana a meias-finais do torneio de Monte Carlo, em que foi eliminado pelo japonês Kei Nishikori, mas mesmo assim subiu um lugar na hierarquia mundial, regressando ao top 3.

O tenista germânico trocou de lugar com o croata Marin Cilic, que caiu para quarto, num ranking que continua a ser liderado por Rafael Nadal, que conquistou o torneio de Monte Carlo pela 11.ª vez. Em segundo, segue o suíço Roger Federer, a apenas 100 pontos do espanhol

Quanto a João Sousa, o número um português, que se prepara para competir no Open de Barcelona em terra batida, perdeu três posições e passou a ocupar o 67.º posto. O tenista vimaranense tem como máximo de carreira o 28.º lugar.

No circuito feminino, o ranking WTA não teve qualquer alteração nos primeiros 35 lugares, com a romena Simona Halep a manter-se na frente, seguida da dinamarquesa Caroline Wozniacki, segunda posicionada, e da espanhola Garbine Muguruza.

As tenistas portuguesas continuam bem longe do top 100, com Michelle Larcher de Brito a continuar a ser a melhor classificada, apesar de ter perdido 51 lugares e caído para o 474.º posto. Seguem-se Inês Murta (607.º), Maria João Koehler (727.º) e Francisca Jorge (764.º).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.