Rui Machado está uma vitória de conquistar o oitavo título da carreira no circuito profissional. O número um português no “ranking” ATP, onde figura no 80.º posto, qualificou-se, hoje, para a final do Pekao Szczecin Open ao derrotar o tenista mais cotado da prova, o espanhol Albert Montañes (54.º), com os parciais de 6-2, 0-6 e 6-0, num encontro encerrado em uma hora e 39 minutos.

«O processo de mentalização começou ontem. Repeti mais de 50 vezes em voz alta que iria ganhar este encontro e hoje, no início do terceiro set, voltei a repetir o mesmo, desta vez só para mim. Entrei muito bem no encontro mas o meu adversário fez um segundo set perfeito, onde me conseguiu anular por completo. No início do terceiro set, voltei a repetir o mesmo, só para mim, e parti para o melhor set da minha carreira», revelou Machado.

Recorde-se que Montañes já conquistou cinco títulos no ATP World Tour, dois dos quais no Estoril Open, em 2009 e 2010 – em cuja final derrotou Frederico Gil.

Na final do “challenger” dotado de 106.500 dólares em prémios monetários, Machado defronta o francês Éric Prodon (108.º) – a quem venceu (6-4, 6-2) no único duelo travado, no ano passado, no “chellenger” de Medellin.

Seja qual for o resultado, o tenista algarvio já garantiu pontos suficientes para surgir na próxima segunda-feira no “top” 70 do “ranking”  mundial e ocupar a sua melhor classificação de sempre.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.