Causou muito desconforto nos Estados Unidos da América as palavras de Ion Tiriac, presidente da Federação Romena de Ténis, sobre Serena Williams. O antigo tenista profissional disse que a norte-americana devia retirar-se por já não estar em grande forma.

"Não sei o que está a acontecer. Mas é matemático. Com a idade e com o peso que tem agora, ela não se move com a mesma facilidade que há 15 anos. Serena tem sido uma jogadora sensacional. Mas se tivesse alguma decência, deveria retirar-se! De todos os pontos de vista", defendeu Ion Tiriac, no programa 'Retaua de idoli'.

A resposta chegou de Alexis Ohanian, o companheiro e pai da filha de Serena Williams.

"Fui procurá-lo ao Google e verifiquei que a minha filha de três anos tem mais títulos do Grande Slam do que este palhaço [...] Em 2021 não me vou conter quando um palhaço racista e sexista atacar a minha família", escreveu o empresário, numa alusão ao facto de Ion Tiriac não ter ganho qualquer grande torneio nos seus tempos de tenista profissional.

Aos 39 anos, Serena Williams continua à procura do 24.º título em torneios do Grand Slam que lhe permite igualar o recorde de Margaret Court.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.