A bruma seca que se faz sentir no país está a condicionar a realização do campeonato nacional de Ténis que devia arrancar hoje, de manhã, no complexo de ténis de Afonso Martinho, na Ribeira Grande.

Os tenistas das outras ilhas, que deveriam chegar esta segunda-feira em Santo Antão, não puderam viajar e, por isso, os jogos foram adiados já que os participantes das ilhas de Santiago e do Sal ainda não puderam viajar para Santo Antão.

Por isso, a própria realização da competição está condicionada às condições climatéricas e poderá ser suspensa se o problema se mantiver.

O vice-presidente da Associação de Ténis de Santo Antão, António Miranda, disse à Inforpress que localmente está tudo a postos para a realização da competição e “tudo depende, agora, da chegada das caravanas assim que o tempo permitir a realização de voos”.

“Com estas condições, a caravana de São Vicente também não viajou para Santo Antão, para evitar custos, e viajam juntamente com as caravanas de Santiago e do Sal”, disse António Miranda, conformado com o facto de ter de “esperar que a natureza nos dê uma brecha”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.