O tenista britânico Andy Murray, número um mundial, recuperou de um mau início para bater o japonês Kei Nishikori, em quatro ‘sets’, e avançar para as meias-finais de Roland Garros.

O finalista de 2016 garantiu, com um triunfo por 2-6, 6-1, 7-6 (7-0) e 6-1 sobre o nono tenista mundial, consumado em duas horas e 39 minutos, uma reedição da meia-final do ano passado com o suíço Stanislas Wawrinka.

Murray apurou-se para pela 21.ª vez para uma meia-final de um ‘Grand Slam’, sendo a quarta vez consecutiva, e a quinta no total, que atinge esta fase no torneio parisiense.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.