A líder do ‘ranking’ mundial de ténis, a polaca Iga Swiatek, criticou hoje as autoridades que regem a modalidade pelo calendário, que “pode causar lesões”, anunciando que não vai participar na fase final da Billie Jean King Cup.

Segundo Swiatek, que confessou estar “triste” por falhar o torneio em novembro, na Escócia, o calendário como está “não é bom para a saúde de ninguém e pode causar lesões”, por quase sobrepor competições.

“Estou desapontada, porque as autoridades do mundo do ténis [no caso, a WTA e a ITF] não chegaram a um acordo básico pela organização do calendário, dando-nos só um dia para viajar de um lado ao outro do planeta, com uma mudança de fuso horário”, escreveu, na rede social Instagram.

A BJK Cup, que é regida pela Federação Internacional de Ténis (ITF, na sigla inglesa), arranca apenas um dia depois da final das WTA Finals, marcadas para os Estados Unidos, entre 31 de outubro e 07 de novembro, e regidas pela WTA, responsável pelo circuito feminino.

Esta competição reúne as oito melhores tenistas da temporada e a líder da hierarquia, este ano campeã de Roland Garros e do US Open, tem presença garantida.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.