O espanhol Rafael Nadal considerou hoje que o russo Andrey Rublev, o seu primeiro adversário nas ATP Finals, é “o tenista em melhor forma” no grupo Londres2020, que integra também Dominic Thiem e Stefanos Tsitsipas.

“Rublev é quem está em melhor forma, foi o jogador que ganhou mais torneios durante todo”, disse Nadal em conferência de imprensa, antevendo um início de competição “muito difícil”.

Nadal, número dois mundial, que defrontará o russo, oitavo da hierarquia, no domingo, considerou que os outros dois adversários do grupo – o austríaco Dominic Thiem, terceiro do ‘ranking’ ATP, e o grego Stefanos Tsitsipas, sexto – são também muito fortes.

“Thiem está a ter um ano muito bom e Tsitsipas também. É um grupo complicado, mas não podemos esperar outra coisa, isto é o Masters”, afirmou.

O espanhol mostrou-se feliz por disputar a competição, que decorre na O2 Arena de Londres e com os jogadores a permanecerem numa ‘bolha’ para minimizar riscos de contágio do novo coronavírus.

“As condições são diferentes. Temos muita sorte em podermos continuar a jogar ténis. Só posso agradecer a todos os que trabalham para nos proporcionar as condições para podermos fazê-lo, numa altura em que a situação é complicada. Não nos podemos queixar”, disse.

No grupo Tóquio1970, ficaram integrados o sérvio Novak Djokovic, líder da hierarquia, o russo Daniil Medvedev , quarto do ‘ranking’, o alemão Alexander Zverev, sétimo, e o argentino Diego Schwartzman, nono da classificação mundial, que conseguiu lugar na competição devido à ausência, por lesão, do suíço Roger Federer.

A competição, que no próximo ano deverá decorrer na cidade italiana de Turim, reúne os oito melhores tenistas mundiais e marca o final da temporada.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.