O número um mundial, o espanhol Rafael Nadal, garantiu hoje o apuramento para a final do torneio de ténis de Doha, fase em que defrontará o francês Gael Monfils.

Nadal está pela segunda vez na final do torneio do Qatar, depois de vencer o surpreendente alemão Peter Gojowczyk, por 4-6, 6-2 e 6-3, nas meias-finais.

«Nunca ganhei um título na primeira semana do ano e amanhã [sábado] tenho uma nova oportunidade. Tentei muitas vezes aqui, por isso significaria muito se conseguisse. Espero amanhã jogar bem, disputar o meu melhor jogo aqui. Vou tentar», disse o espanhol.

Nadal começou mal, perdendo os primeiros nove pontos para o “qualifier” alemão, que anteriormente só tinha vencido quatro encontros no circuito ATP e que pediu um autógrafo ao espanhol no último Open dos Estados Unidos.

«No início, o meu adversário estava confortável com cada ponto», admitiu o número um mundial, que recuperou depois de reanalisar o seu jogo e reconheceu que tem de jogar melhor na final.

O espanhol vai defrontar o francês Gael Monfils, que derrotou o alemão Florian Mayer, por 6-3 e 6-2, na outra meia-final.

O francês, 31.º jogador mundial, venceu em 55 minutos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.