Rafael Nadal foi eliminado esta quarta-feira na segunda ronda do Open da Austrália, após perder diante do norte-americano Mackenzie Mcdonald em três sets.

O espanhol de 36 anos acusou problemas físicos logo no segundo 'set' do encontro. "Notei algo no meu quadril e acabou. Tinha sentido algo nos dias anteriores, mas nada como hoje", começou por dizer Nadal, citado pelo jornal 'Marca'.

"Estou cansado e frustrado por estar em processos de recuperação de lesões durante grande parte da minha carreira, mas sempre aceitei isso. Não posso dizer que não estou mentalmente destruído porque estaria a mentir. Posso vir aqui e dizer que a vida é ótima e temos de nos manter positivos, mas não o faço agora. É um momento e um dia difícil e eu aceito, porque temos de continuar. A nível desportivo, o copo enche e pode haver um momento em que a água sai", acrescentou.

Nadal teve de ser assistido no court e recolheu a seguir aos balneários, mas voltaria minutos depois, tendo-se recusado a desistir. "Já tenho idade suficiente para tomar as minhas próprias decisões. Não queria sair e deixar o court, porque era o atual campeão aqui. O que fiz foi tentar continuar sem me lesionar mais", revelou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.