Rafael Nadal qualificou-se este sábado para a sua oitava final do Masters 1.000 de Monte Carlo ao derrotar o francês Gilles Simon, nono cabeça de série, por 6-3 e 6-4.

O tenista espanhol, nº 2 do mundo e sete vezes campeão do torneio de Monte Carlo, vai defrontar o sérvio Novak Djokovic.
O número 1 do mundo qualificou-se ao vencer o checo Tomas Berdych por 4-6, 6-3 e 6-2.

Nadal mostrou-se muito mais oportunista que Simon, que teve um bom desempenho, e conseguiu chegar à sua oitava final consecutiva na competição, que venceu em todas as ocasiões anteriores.

Com estes resultados, o público de Mónaco terá a final tão esperada entre os dois melhores jogadores do momento.

Para o espanhol também significará uma oportunidade de terminar com a série de sete derrotas consecutivas com Djokovic, todas em finais, a última delas no Open da Austrália em janeiro passado.

Para o sérvio, em caso de vitória, será uma excelente preparação para o Aberto da França de Roland Garros (de 27 de maio a 10 de junho).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.