Kei Nishikori (61.º mundial) está a jogar pelo Japão e pelos compatriotas que ainda recuperam do violento sismo que assolou o país recentemente. E foi com esse forte incentivo que o tenista japonês derrotou o uruguaio Pablo Cuevas (66.º), por 6-3, 7-5, e alcançou a final do US Men’s Clay Court Championships.

«Não é que eu possa prometer que vou ganhar, mas com a situação no Japão espero poder vencer e dar-lhes alguma esperança», frisou Nishikori, que desde o desastre no seu país, tem encabeçado várias acções de solidariedade e de angariação de fundos. Nishikori já tem assegurada a inédita entrada no top 50 mas, se vencer a final, terá o bónus de chegar a 41.º e tornar-se no melhor japonês de sempre no ranking ATP – estatuto detido por Shuzo Matsuoka, 46.º em 1992.

O outro finalista neste torneio norte-americano em terra batida é um tenista da casa, Ryan Sweeting (93.º) que estreia-se em finais do ATP World Tour após ganhar, por 7-6 (7/3), 6-3, ao croata Ivo Karlovic – que acusou o desgaste da véspera em que precisara de mais de três horas para ultrapassar outro “gigante”, John Isner.

Em Casablanca, o espanhol Pablo Andujar (69.º) cometeu a proeza de eliminar o jogador mais cotado do Grand Prix Hassan II, o compatriota Albert Montañes (24.º). Andujar salvou 13 dos 16 break-points que enfrentou, antes de impor-se com um duplo 6-4. O adversário do espanhol na final é o italiano Potito Starace (47.º).

Resultados de sábado no ATP World Tour

Grand Prix Hassan II
(Casablanca, 450 mil euros)

Meias-finais:
Pablo Andujar - Albert Montanes, 6-4, 6-4
Potito Starace - Victor Hanescu, 6-1, 6-7 (3/7) e 7-6 (7/2)

US Men’s Clay Court Championships
(Houston, 352 mil euros).

Meias-finais:
Kei Nishikori - Pablo Cuevas, 6-3, 7-5
Ryan Sweeting - Ivo Karlovic, 7-6 (7/3), 6-3

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.