O sérvio Novak Djokovic vai terminar o ano como número um do ténis mundial, depois de hoje ter vencido o checo Tomas Berdych na terceira jornada dos Campeonatos Finais da ATP e garantido presença nas meias-finais.

Djokovic, que pela terceira vez em quatro anos fecha a época como número um mundial, derrotou, em Londres, o finalista vencido da última edição do Portugal Open por duplo 6-2, na última jornada do grupo A.

Na meia-final agendada para sábado, Djokovic, que defende o título, vai defrontar o segundo classificado do grupo B, o japonês Kei Nishikori.

"Estou ciente de que ser número um do Mundo é o maior desafio que um tenista pode ter. É uma sensação incrível e estou muito feliz. Espero poder continuar a jogar a este nível", afirmou o sérvio no final da partida.

Esta época, Novak Djokovic venceu o Grand Slam de Wimbledon, os Masters 1000 de Paris, Roma, Miami e Indian Wells e o torneio de Pequim.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.