O tenista português Nuno Borges derrotou hoje o italiano Riccardo Bonadio e assegurou a qualificação para as meias-finais do Maia Open, garantindo a entrada direta no quadro principal do Open da Austrália, primeiro ‘major’ da temporada.

O número dois nacional, 93.º colocado no ‘ranking’ ATP, ultrapassou o transalpino, oitavo pré-designado, em dois ‘sets’, por 7-5 e 6-4, e conseguiu defender assim os pontos conquistados, em 2021, quando foi semifinalista do ‘challenger’ da Maia.

Graças ao triunfo alcançado ao fim de uma hora e 31 minutos, Nuno Borges vai encerrar a temporada no top-100 mundial e aceder, pela primeira vez na carreira sem ter de passar pela qualificação, ao quadro principal de um torneio do Grand Slam, nos Antípodas, em 2023.

“É o último torneio da época e, se calhar, estava com as emoções um pouco à flor da pele. Houve alguns altos e baixos, as emoções mostraram isso, mas foi a maneira que encontrei para me manter motivado e me agarrar ao jogo e acabei por fazer um grande encontro. Senti que joguei muito bem, servi melhor do que estava à espera contra um adversário que tinha encontrado aqui neste campo, no ano passado, portanto estou muito contente”, comentou o maiato, em declarações à Sport TV.

Nas meias-finais, Nuno Borges, de 25 anos, vai defrontar o ‘qualifier’ austríaco Maximilian Neuchrist (359.º), que hoje precisou de três parciais para levar de vencida o britânico (268.º) Jan Choinski, por 6-7 (6-8), 6-3 e 6-4, em duas horas e 28 minutos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.