O tenista Pedro Sousa, número um português, desistiu hoje na primeira ronda da fase de qualificação de Roland Garros, segundo ‘major’ da temporada, devido a uma lesão muscular, quando disputava o terceiro ‘set’ com o croata Borna Gojo.

“Rasguei o [músculo] abdominal. Já estava a sentir um pouco de dor e no último serviço foi pior. Já não conseguia mais”, explicou Pedro Sousa, 111.º colocado na hierarquia mundial, em declarações à Lusa.

O lisboeta, que hoje se tornou novo número um nacional, ultrapassando João Sousa no ‘ranking’ ATP, venceu o primeiro parcial diante do 232.º colocado na hierarquia mundial, mas não conseguiu aproveitar a vantagem de 6-4 e 5-2 no ‘tie-break’, cedendo o segundo ‘set’, por 7-6 (8-6), antes de a chuva interromper o encontro.

No regresso ao ‘court’, quando o marcador registava 1-1, Sousa serviu e aproximou-se da rede, cumprimentando o croata, a quem entregou a qualificação para a segunda ronda do ‘qualifying’ de Roland Garros.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.