A seleção portuguesa feminina de ténis garantiu hoje a presença no ‘play-off’ de manutenção no Grupo II da Zona Europa/África da Fed Cup, ao vencer a África do Sul, por 2-0, no Centre National de Tennis, no Luxemburgo.

Ana Filipa Santos, de 22 anos e número 704 do ‘ranking’ mundial da ITF, foi a primeira portuguesa a entrar em ação na terceira jornada da 'pool' B e, perante Zani Barnard, uma jovem de 19 anos que ocupa o 831.º posto da mesma hierarquia, conquistou o primeiro ponto para a seleção nacional, ao fechar o primeiro singular do dia por 6-4 e 7-5, em uma hora e 29 minutos.

Consumada a primeira vitória na Fed Cup de Ana Filipa Santos, que se havia estreado na quinta-feira ao serviço da seleção, a bicampeã nacional absoluta Francisca Jorge (648.ª WTA) sentenciou o primeiro triunfo de Portugal, ao bater Chanel Simmonds (488.ª WTA) em dois ‘sets’, por 6-1 e 6-3, em menos de uma hora.

O encontro de pares, por já não influenciar o resultado final do confronto, acabou por não ter lugar.

Depois de concluir a 'pool' B do Grupo II na terceira posição, evitando o quarto lugar, que ditava a descida de divisão, Portugal vai defrontar no sábado a Bósnia, que perdeu diante da Áustria e da Tunísia na 'pool' A, num ‘play-off’ para decidir qual das duas equipas garante a permanência no Grupo II da Zona Europa/África. A formação derrotada será relegada para o Grupo III da Fed Cup.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.