Portugal venceu este sábado a Finlândia por 3-1, no terceiro encontro da segunda ronda do grupo 2 da zona Europa/Africa da Taça Davis de ténis, na variante de pares.

João Sousa e Gastão Elias, considerados os dois melhores tenistas lusos da atualidade, defrontaram os finlandeses Jarkko Nieminen e Henri Kontinen, num embate que Portugal venceu com os parciais de 3-6, 7-6 (7-5), 6-3 e 6-4.

Com este resultado, a equipa lusa passa a estar na frente na eliminatória, com duas vitórias e uma derrota, quando faltam os dois últimos jogos de singulares, sendo que a Portugal basta vebcer um.

Neste desafio, a dupla portuguesa até nem entrou bem, mostrando-se algo desconcentrada perante um forte jogo dos nórdicos, comprometendo ao perder os três primeiros jogos, tendo perdido o 'set' por 6-3.

Os jogadores lusos não acusaram a desvantagem e responderam no parcial seguinte, que, embora mais equilibrado, foi favorável a Portugal no 'tie-break' por 7-5.

No terceiro parcial, João Sosa e Gastão Elias surgiram bem mais soltos e, sobretudo, mais entrosados nas suas manobras ofensivas, vencendo o parcial com um claro 6-3.

Pela primeira vez na liderança da partida, os portugueses não baixaram o ritmo no quarto 'set', e, com um apoio extraordinário das bancadas, foram cavando uma vantagem segura, perante o quebrar físico do adversário, acabando por confirmar a vitória com um 6-4.

No domingo, decide-se a eliminatória com os dois últimos encontros de singulares, que começam a ser disputados às 12h00, no Clube de Ténis de Viana do Castelo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.