Portugal garantiu esta sexta-feira a permanência Grupo I da Zona Europa/África da Fed Cup em ténis, depois de bater a Turquia por 2-1, na última jornada do Grupo D, a decorrer em Budapeste.
As duas seleções entraram para o decisivo encontro de pares empatadas 1-1 e o ponto decisivo acabou por ser conquistado pela dupla formada por Michelle de Brito e Bárbara Luz, que bateram Cagla Buyukakaçay e Melis Sezer em três “sets”, pelos parciais de 2-6, 6-3 e 6-3.
No primeiro encontro, Bárbara Luz foi derrotada por Ipek Soylu, por 7-6 (7-3) e 6-2, mas Michelle de Brito repôs a igualdade na eliminatória, com o triunfo sobre Cagla Buyukakçav, por 6-4 e 6-2.
“Estamos muito orgulhosos da equipa, que hoje voltou a lutar bastante e exibir-se a um nível muito bom. A Michelle tem melhorado de dia para dia e a Bárbara também esteve muito bem, principalmente no par decisivo. Mostrámos ser uma equipa unida”, afirmou, no final, o “capitão” da seleção feminina, André Lopes.
O responsável da equipa aproveitou para dedicar este triunfo a Maria João Koehler, que se lesionou quinta-feira, na eliminatória com a Bielorrússia, seleção que garantiu o primeiro lugar do Grupo D e vai agora disputar o apuramento para o “play-off” de acesso ao Grupo Mundial II.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.