Stanislas Wawrinka mostrou-se «muito feliz pela vitória e por estar na final» da 24ª edição do Portugal Open. Depois das meias-finais de 2012, o tenista suíço superou o seu registo e assumiu a sua satisfação pelo triunfo sobre Pablo Carreno-Busta.

«É algo muito positivo para mim. O Pablo estava a jogar bem e tive de lutar muito para ganhar», afirmou o número 16 do ranking mundial na conferência de imprensa após o seu encontro, revelando ainda as suas expectativas para a final: «Quero estar preparado e sei que se estiver bem tenho uma chance de ganhar.»

Sem conhecer ainda o seu adversário na final, Wawrinka teceu elogios a David Ferrer e Andreas Seppi, que disputam ainda esta tarde a outra vaga na final: «O David é um jogador fantástico e o número quatro do Mundo. Já joguei com ele algumas vezes. Este ano perdi com ele em Buenos Aires, é um tenista muito duro e agressivo, sobretudo em terra batida. Terei de jogar ao meu melhor nível. E contra o Andreas também já joguei algumas vezes e lembro-me de ter perdido com ele em Roma no ano passado. Vai ser um duelo interessante e só espero estar fresco para amanhã e tentar ganhar.»

Por fim, o jogador suíço expressou a sua alegria por estar novamente em Portugal. «Sinto-me bem aqui em Portugal, as condições são boas e por isso voltei este ano».

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.