“Sim, tive dúvidas. Estaria a mentir se dissesse o contrário, mas agora o meu corpo está fantástico”, disse Serena Williams, que na terça-feira voltou a competir, vencendo um encontro de pares do torneio de Eastbourne, ao lado da tunisina Ons Jabeur.

A antiga número um mundial recebeu um 'wild card' para o torneio de Wimblendon, que começa na segunda-feira, prova da qual foi eliminada na primeira ronda em 2021, depois de ter sido obrigada a desistir do encontro com a bielorrussa Aliaksandra Sasnovich, devido a uma lesão na perna.

Serena Williams, recordista de vitórias em Grand Slams na era moderna, com 23 títulos, disse ter-se sentido “muito bem” no encontro de terça-feira, e garantiu: “Quero ganhar ritmo e jogar mais."

Atualmente no 1204.º lugar do ranking mundial, Serena Williams deverá somar a 21.ª presença em Wimbledon, prova que já conquistou por sete vezes, em 2002, 2003, 2009, 2010, 2012, 2015 e 2016.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.