A tenista norte-americana Serena Williams venceu hoje pela segunda vez consecutiva o torneio de Madrid, ao derrotar na final a russa Maria Sharapova, e conservou o estatuto de número um mundial.

A mais velha líder da classificação mundial, de 31 anos, cuja posição estava sob ameaça de Sharapova, venceu por 6-1 e 6-4, em 78 minutos de encontro, e alcançou o quarto título da temporada, depois dos conquistados em Brisbane, Miami e Charleston.

Com o 50.º título da sua carreira, o sétimo obtido em terra batida, Serena Williams tornou-se a primeira jogadora a vencer este torneio em dois anos sucessivos.

O encontro foi o espelho da superioridade que a americana tem evidenciado sobre a russa ao longo dos tempos. Em 15 confrontos entre ambas, Serena venceu 13, nomeadamente os últimos 12, e não perde com a atual segunda do "ranking" mundial desde 2004.

Tal como a mais nova das irmãs Williams, que se apresentou em Madrid com 28 triunfos consecutivos em terra batida, depois da derrota na primeira ronda de Roland Garros no ano passado, Sharapova também ali chegou plena de confiança, com 21 vitórias seguidas na mesma superfície, mas o "complexo" perante a americana foi mais forte.

Com apenas dois "sets" ganhos nos seus últimos 11 confrontos, Sharapova deitou tudo a perder com uma primeira partida desastrosa, em que cedeu dois "breaks" em cinco minutos e cometeu cinco duplas faltas.

No segundo "set" redimiu-se momentaneamente, ao quebrar o serviço da adversária por uma vez, mas uma nova dupla falta ofereceu a igualdade 3-3 e Serena Williams embalou para o triunfo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.