O tenista espanhol Rafael Nadal eliminou o português João Sousa para aceder aos quartos de final de Wimbledon, tal como Roger Federer e Serena Williams, numa jornada em que a número 1 mundial, Ashleigh Barty, foi eliminada.

A jogar pela 27.ª vez o quadro principal de um torneio do ‘Grand Slam’, o vimaranense, 69.º do ‘ranking' ATP, não conseguiu encontrar argumentos para contrariar o favoritismo e poderio do terceiro cabeça de série e número 2 ATP, que viria a sentenciar a qualificação para os quartos de final do terceiro ‘major’ do ano em três ‘sets', com triplo 6-2, ao cabo de uma hora e 45 minutos de um encontro em que não enfrentou qualquer ponto de ‘break'.

Naquele que foi o terceiro confronto direto entre ambos, Rafael Nadal, de 33 anos, dilatou o saldo positivo (3-0) frente ao minhoto, de 30, que fez história ao tornar-se o primeiro português a disputar os oitavos de final de Wimbledon, tal como havia sucedido no US Open, em 2018.

“Penso que foi um encontro sólido, embora o meu serviço não tenha funcionado tão bem como há dois dias. Mas, nos restantes aspetos correu bastante bem. Muitas coisas positivas, boa direita, boa esquerda, variando o ritmo com alguns ‘slices' e bons ‘vóleis’ também. Estou contente pela vitória e por estar de regresso aos quartos de final", resumiu no final do desafio.

Graças ao triunfo diante João Sousa, que se despediu do All England Club com um prémio de cerca de 200 mil euros, pelos singulares, e a subida virtual ao 55.º posto do ‘ranking' mundial, o detentor de 18 títulos do Grand Slam, dois dos quais na relva londrina, em 2008 e 2010, marcou encontro nos ‘quartos’ com o norte-americano Sam Querrey, que bateu o compatriota Tennys Sandgren por 6-4, 6-7 (7-9), 7-6 (7-3) e 7-6 (7-5).

Tal como Nadal, o sérvio e líder do ‘ranking' mundial, Novak Djokovic, não encontrou dificuldades para superar o adversário, o francês Ugo Humbert, e apurar-se para a fase seguinte da prova, por 6-3, 6-2 e 6-3, ao cabo de uma hora e 42 minutos.

Depois de eliminar o jovem esquerdino, de 21 anos, Djokovic, quatro vezes campeão de Wimbledon, vai lutar pelo acesso às meias-finais com o belga David Goffin, vencedor do desafio frente ao madrileno Fernando Verdasco, por 7-6 (11-9), 2-6, 6-3 e 6-4.

Roger Federer, por sua vez, depois de perder um único ‘set' na estreia ante Lloyd Harris, somou mais uma vitória em três parciais, desta vez frente ao italiano Matteo Berrettini (20.º ATP). Por 6-1, 6-2 e 6-2, o suíço, detentor de 20 títulos do ‘Grand Slam’, oito dos quais conquistados no All England Club, carimbou o regresso aos quartos de final pela 17.ª vez na carreira.

O próximo duelo do número três mundial e segundo cabeça de série será com o japonês Kei Nishikori (7.º ATP), responsável pela eliminação do cazaque Mikhail Kukushkin em quatro ‘sets', com os parciais de 6-3, 3-6, 6-3 e 6-4.

Na competição feminina, a surpresa da jornada recaiu sobre a número 1 mundial, a australiana Ashleigh Barty, que foi eliminada pela norte-americana Alison Riske (55.ª WTA) em três ‘sets', com parciais de 3-6, 6-2 e 6-3.

Graças ao segundo triunfo de carreira ante a campeã de Roland Garros (em dois encontros, e os dois em relva), Riske, de 29 anos, vai agora medir forças com a compatriota Serena Williams, sete vezes vencedora em Wimbledon, que impôs um duplo 6-2 à espanhola Carla Suarez Navarro para marcar presença, pela 14.ª vez, nos quartos de final do ‘major’ britânico.

Já a romena Simona Halep, antiga líder da hierarquia WTA, acabou com o sonho e as exibições de grande nível da jovem adolescente Cori Gauff, de apenas 15 anos, ao triunfar por duplo 6-3. O desafio seguinte da campeã de Roland Garros de 2018 será frente à chinesa Shuai Zhang.

Tal como Ashleigh Barty, também a checa Karolina Pliskova, terceira pré-designada, foi surpreendida, pela compatriota Karolina Muchova, que triunfou por 4-6, 7-5 e 13-11 e vai agora defrontar a ucraniana Eliva Svitolina (8.ª WTA).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.