Os tenistas Nuno Borges e João Sousa vão jogar esta sexta-feira os encontros de singulares na eliminatória entre Portugal e a Finlândia de apuramento para o Grupo Mundial da Taça Davis, que terá lugar na cidade finlandesa de Turku.

O número um nacional e 47.º no ‘ranking’ ATP, de acordo com o sorteio realizado hoje, será o primeiro a atuar no piso rápido do Gatorade Center para defrontar o jovem Otto Virtanen (166.º ATP), de 22 anos, que disputou a primeira ronda da fase de qualificação do Open da Austrália e atingiu aos quartos de final do ‘challenger’ de Quimper na última semana

Já o tenista natural da Maia, de 26 anos, vai jogar na Finlândia com o melhor ranking da carreira, após ter marcado presença na quarta ronda do primeiro ‘major’ da temporada e só ter cedido diante do russo Daniil Medvedev, número três mundial e vice-campeão em Melbourne Park.

Enquanto Borges soma quatro vitórias e uma derrota em encontros de singulares na Taça Davis, João Sousa (245.º ATP) vai defender na sua 34.ª eliminatória uma estatística recordista (30 triunfos e 18 desaires) em representação da seleção nacional, quando medir forças com Emil Ruusuvuori (55.º ATP), derrotado já este ano na final do ATP 250 de Hong Kong pelo russo Andrey Rublev e afastado na segunda ronda do Open da Austrália por Medvedev.

Para o desafio de pares, agendado para sábado, o capitão da equipa portuguesa, Rui Machado, elegeu Francisco Cabral (49.º ATP de pares) e Nuno Borges (221.º ATP de pares), que terão pela frente Harri Heliovaara (31.º ATP de pares) e Patrik Niklas-Salminen (124.º ATP de pares), ainda antes de o maiato voltar a jogar o terceiro encontro de singulares com Ruusuvuori e o minhoto o último embate com Virtanen.

Naquela que será a terceira eliminatória contra a Finlândia (1-1), nação semifinalista das ATP Finals em 2023, Portugal vai tentar pela quinta vez na história o acesso à fase final da emblemática competição, depois de ter falhado o feito frente a Croácia em 1994, Alemanha em 2017, Cazaquistão em 2019 e República Checa há um ano.

Além de Nuno Borges, João Sousa e Francisco Cabral, a seleção nacional conta ainda com Gastão Elias (290.º ATP) e Henrique Rocha (243.º ATP), estreante na Taça Davis, ao passo que a equipa anfitriã, capitaneada por Jarkko Nieminen, terá no banco Eero Vasa

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.