A italiana Camila Giorgi foi suspensa por nove meses por se ter negado a jogar para a Fed Cup, em abril de 2016, anunciou hoje, através de comunicado, a Federação Italiana de Ténis (FIT).

Por outro lado, a tenista, de 25 anos, viu ser-lhe imposta uma multa de 30.000 euros.

A FIT recorda que há um precedente em Itália, o de Simone Bolelli, que em 2008 se negou a uma convocatória, mas que depois, após cumprir o castigo, "voltou a ser uma das colunas da equipa italiana".

Camila Georgi ocupa a posição 74 do ‘ranking’ WTA e tem como melhor classificação o 34.º lugar, em 2015.

O caso remonta à eliminatória da Fed Cup contra a Espanha, a 16 e 17 de abril, em Lérida. Apesar de ser uma das quatro convocadas, Giorgi preferiu competir no torneio de Estugarda.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.