O italiano Marco Cecchinato, 143.º do mundo, foi suspenso por 18 meses e multado em 40.000 euros por viciação de resultados, anunciou hoje a Federação Italiana de Ténis (FIT).

Cecchinato, que foi suplente da Itália na Taça Davis na última semana, foi um dos três italianos suspensos hoje, juntamente com Riccardo Accardi, sem ‘ranking’, e Antonio Campo, 842.º.

Cecchinato foi acusado de viciar o resultado do encontro com o polaco Kamil Majchrzak, em outubro de 2015, beneficiando financeiramente por ter efetuado apostas ilegais num ‘challenger’ de Mohammedia, em Marrocos.

O tenista transalpino foi igualmente considerado culpado de adulterar um encontro de pares, ao de Luca Vanni, multado em 300 euros, no ‘challenger’ de Prostejov, além de ter dado informações confidenciais sobre o encontro entre Andreas Seppi e John Isner em Roland Garros no mesmo ano.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.