O chileno Nicolás Jarry foi suspenso provisoriamente por um controlo antidoping positivo, durante a última edição da Taça Davis, em Madrid, anunciou hoje a Federação Internacional de Ténis (ITF).

Jarry, 78.º da hierarquia mundial, acusou consumo de ligandrol e stazonol, duas substâncias proibidas, num em análises à urina.

“Este é um dos mais momentos mais duros da minha vida. Os níveis de substâncias são ínfimos, tão baixos que não poderia ter tido qualquer benefício para melhorar o meu rendimento”, afirmou o chileno, nas redes sociais.

O tenista, que soma três participações no Estoril Open, garantiu que garante “nunca ter tomado deliberadamente qualquer substância proibida” e acrescenta: “Nos próximos dias, vou dedicar todo o meu nome a investigar a proveniência destas substâncias”.

Nicolás Jarry, de 24 anos, participou na semana passada na ATP Cup, uma nova competição de seleções, na qual perdeu os três encontros que disputou, e deveria também participar no Open da Austrália.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.