O tenista português Nuno Borges vai defrontar o britânico Ryan Peniston na final do torneio de Antália, na qual procurará conquistar o primeiro título no circuito Challenger, depois de hoje bater nas ‘meias’ o espanhol Eduardo Esteve Lobato.

Borges, 253.º classificado do ranking mundial e sexto cabeça de série do torneio turco, em terra batida, impôs-se a Lobato, 336.º na hierarquia da ATP, em dois ‘sets’, por duplo 6-3, num encontro que foi adiado de sábado para hoje e teve a duração de uma hora e 15 minutos.

O tenista português, de 24 anos, o único dos quatro representantes lusos em Antália que ainda se mantém em competição, após as eliminações de Tiago Cação, Gonçalo Oliveira e João Domingues, vai disputar ainda hoje a final da prova, frente a Peniston.

O britânico, número 284 do mundo, encontrou mais resistência por parte do espanhol Javier Barranco Cosano, 305.º do ranking, necessitando de duas horas e 10 minutos para assegurar a presença no encontro decisivo, pelos parciais de 6-4 e 7-6 (7-2).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.