O tenista polaco Kamil Majchrzak, que ocupa a 77.ª posição do ranking ATP, foi suspenso provisoriamente por doping, após testes positivos a substâncias proibidas em três torneios em setembro e outubro, anunciou hoje o próprio.

Kamil Majchrzak, de 26 anos, acusou positivo no Open de Sofia, Open do Japão e no Challenger de Seul, tendo as análises às suas amostras revelado a presença de SARM S-22, um agente anabolizante proibido, utilizado na construção muscular.

“Tenho notícias incrivelmente tristes e difíceis para compartilhar com todos”, escreveu Majchrzak na sua conta na rede social Twitter, mencionando os resultados positivos dos seus testes.

O tenista polaco acrescentou que “nunca, de forma consciente, tomou qualquer substância proibida” e considerou a noticia da sua suspensão provisória por doping de “enorme choque”.

Majchrzak, que terminou a temporada na 77.ª posição do ranking depois de ter sido 75.º em fevereiro, pode agora solicitar a contra-análise, mas durante a suspensão provisória não pode competir ou participar em nenhum torneio.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.