O tenista Andy Murray anulou hoje uma desvantagem de dois parciais para vencer, por 4-6, 4-6 e 7-6 (7-5), 7-6 (7-4) e 6-4, o japonês Nishioka e continuar no ‘major’ US Open.

Foram necessárias quatro horas e 39 minutos em Flushing Meadows para o campeão do ‘Grand Slam' norte-americano em 2012 e atual 115.º classificado do ‘ranking’ mundial afastar o nipónico (49.º), tendo precisado de vencer dois ‘tie-breaks’, quando perdia por dois ‘sets’ a zero.

O vencedor do encontro entre o canadiano Felix Auger-Aliassime (21.º) e o brasileiro Thiago Monteiro (83.º) será o adversário do britânico na segunda ronda.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.