O tenista russo Daniil Medvedev, número dois mundial, qualificou-se hoje para os quartos de final do Open dos Estados Unidos, quarto e último torneio do ‘Grand Slam’ de 2021, ao vencer em três ‘sets’ o britânico Daniel Evans.

Medvedev, segundo cabeça de série do torneio nova-iorquino em piso duro, impôs-se no encontro dos oitavos de final a Evans, 27.º classificado do ranking mundial e 24.º pré-designado, pelos parciais de 6-3, 6-4 e 6-3, após uma hora e 45 minutos de confronto.

O russo, de 25 anos, finalista vencido do Open dos Estados Unidos em 2019, mas ainda sem qualquer título do ‘Grand Slam’ conquistado, vai defrontar nos quartos de final Botic van de Zandschulp, dos Países Baixos, número 117 do mundo.

Schwartzman e Halep eliminados

Foi uma sessão diurna de emoções fortes aquela que se viveu na quarta ronda em Flushing Meadows, que arrancou com a derrota da antiga número um mundial e atual 13.º colocada, diante a ucraniana Elina Svitolina (quinta WTA), por duplo 6-3, em apenas uma hora e 16 minutos.

Graças ao triunfo ante a campeã de Roland Garros em 2018 e Wimbledon em 2019, Svitolina garantiu o regresso aos quartos de final e um encontro com a vencedora do embate entre a alemã Angelique Kerber, ex-líder da hierarquia WTA e campeã do ‘major’ norte-americano em 2016, e a jovem canadiana Lyela Fernandez, que impediu a japonesa Naomi Osaka de defender o título.

Ao mesmo tempo, no Louis Armstrong Stadium, o argentino Diego Schwartzman, que figura no 14.º posto no ‘ranking’ ATP, travava uma dura batalha com Botic van de Zandschulp (117.º ATP) e, mesmo tendo recuperado de uma desvantagem de dois ‘sets’ a zero, acabou por perder ao cabo de quatro horas e 20 minutos, por 6-3, 6-4, 5-7, 5-7 e 6-1.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.