O tenista alemão Alexander Zverev bateu hoje o austríaco Dominic Thiem e marcou encontro com o italiano Mateo Berrettini na final do Maters 1.000 de Madrid, que se irá disputar domingo na capital espanhola.

Naquela que foi a primeira meia-final do dia, o jogador germânico, número seis mundial e campeão do Masters 1.000 de Madrid, em 2018, eliminou Thiem, quarto colocado no ‘ranking’ ATP, em dois ‘sets’, com os parciais de 6-3 e 6-4, em uma hora e 37 minutos.

Depois de derrotar nos quartos de final o espanhol Rafael Nadal, Alexander Zverev, de 24 anos, conquistou assim a sua terceira vitória em 11 encontros disputados com Dominc Thiem e o regresso à final do torneio, ao fim de três anos.

Na segunda meia-final, levou a melhor o italiano Mateo Berretini, que figura no 10.º lugar na hierarquia mundial, diante o norueguês Casper Ruud (22.º ATP), por duplo 6-4.

Graças ao triunfo ao cabo de uma hora e 21 minutos, o transalpino, de 25 anos, garantiu a presença, pela primeira vez na carreira, numa final de um torneio Masters 1.000 e um duelo frente a Zverev, que comanda o confronto direto por 2-1.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.