A selecção nacional conquistou terça-feira, em Luanda, pela primeira vez, o título de campeão africano de optimist, por equipas, ao vencer na final por 2-1 a Argélia, em prova realizada na Ilha de Luanda.

Desta forma, Angola arrebata um título inédito, desde que se estreou na competição continental, em 2008 nas Ilhas Maurícias.

Num ambiente de muita “adrenalina” para os mais de 300 espectadores presentes na baía de Luanda, em função das sucessivas penalizações, que um dos cinco atletas angolanos recebia, tudo parecia cada vez mais difícil para equipa nacional, mas fruto da habilidade do velejador Decaprio Fernandes, conseguiu mudar o rumo do percurso e arrebatar o ouro inédito.

Integraram a selecção nacional Osvaldo da Gama, Decaprio Fernandes, Lourenço Simão, Aline Lourenço e João Luacuti (Capitão).

Moçambique ficou com a medalha de bronze, seguindo-se Angola III (4º), Angola II (5º), África do Sul (6º), Tanzânia (7º), Argélia II (8º) e Ilhas Seicheles (9º).

Terça-feira, a prova regista a primeira pausa, estando agendado um passeio ao Cabo Ledo e reata na quarta-feira, com quatro regatas individuais, onde Angola, por intermédio do Osvaldo da Dama, está na liderança.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.