Quatro portugueses vão disputar a regata de vela Porto 2021 Finn Gold Cup, entre 05 e 12 de maio, e lutar pelas duas últimas vagas para os Jogos Olímpicos de Tóquio naquela classe.

A prova foi apresentada em Matosinhos e é o terceiro evento internacional de vela organizado pela Frente Atlântica do Porto, uma entidade que congrega aquele município e os do Porto e de Vila Nova de Gaia.

"São esperados perto de 80 velejadores e 50 treinadores", disse Diogo Barros, da academia de vela BB Douro, que está envolvida na organização da Porto 2021 Finn Gold Cup.

A prova terá lugar em dois campos de regatas, um diante das praias de Gaia e o outro diante de Matosinhos e do Porto.

A prova decide a última vaga europeia e a vaga africana da classe finn para os Jogos Olímpicos de Tóquio, que decorrerão de 23 de julho a 08 de agosto, e o título mundial deste ano.

Os velejadores portugueses que irão lutar pela vaga europeia são Vasco Pereira, Jorge Pinheiro de Melo, Nuno Espírito Santo e Filipe Silva, todos dos Clube Naval de Cascais. Filipe Silva sagrou-se campeão europeu masters na classe finn em 2019.

Na luta pela derradeira vaga europeia encontram-se "alguns dos melhores velejadores" e 15 seleções, entre elas Croácia, França, Espanha, Polónia e Suíça, consideradas favoritas, destaca a organização do evento.

Um dos atletas participantes é o inglês Gilles Scott, medalhado nos Jogos do Rio de Janeiro de 2016 e vencedor de quatro títulos mundiais nesta classe.

África do Sul, Namíbia e Tunísia são os candidatos à vaga africana, numa classe que tem os dias contados no programa olímpico de vela, pois já não estará presente nos Jogos de 2024.

A preparação para a Porto 2021 Finn Gold Cup já atraiu vários velejadores à região do Porto, acompanhados da sua equipa, e a organização estima que o "impacto económico direto" da prova seja de 750 mil euros.

"O investimento público é de 83 mil euros", ainda de acordo com os organizadores, que adiantam também que o evento será acompanhado pelos delegados de saúde locais e seguirá "todas as recomendações da Direção-Geral da Saúde" relacionadas com a prevenção da covid-19.

A apresentação da Porto 2021 Finn Gold Cup contou com a presença do vereador José Guilherme Aguiar, da Câmara de Gaia, e dos presidentes das câmaras municipais de Matosinhos, Luísa Salgueiro, e do Porto, Rui Moreira.

O autarca portuense é um aficionado da vela e foi praticante até aos 27 anos, tendo sido mesmo campeão nacional em várias classes e representado Portugal em campeonatos do mundo e da Europa.

Rui Moreira recordou que propôs aos seus congéneres de Matosinhos e de Vila Nova de Gaia a atribuição de um apoio conjunto aos irmãos Pedro e Diogo Costa, que, em março, em Vilamoura, garantiram a única vaga ainda disponível para os Jogos de Tóquio para a classe 470.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.