O veleiro de Hong-Kong Sun Hung Kai venceu na sexta-feira em casa a quarta etapa da Volvo Ocean Race, desde Melbourne, após a qual a equipa espanhola da Mapfre continua na liderança.

O Sun Hung Kai foi a primeira embarcação do território a vencer uma etapa da quarta etapa da maior competição de vela oceânica do mundo, em Hong Kong, após 17 dias, 14 horas, 30 minutos e 42 segundos.

O Dongfeng terminou a viagem na segunda posição, 02:47.40 horas depois, aproximando-se da Mapfre, que lidera apesar de não ter ido além do quarto lugar na etapa, enquanto a holandesa AkzoNobel fechou o pódio desta ligação.

O Mapfre lidera a regata com quatro pontos de vantagem sobre a embarcação franco-chinesa Dongfeng e 10 sobre o Vestas, que seguia na segunda posição da etapa mas não a concluiu, devido à colisão com um barco pesqueiro a 30 milhas da chegada.

Do incidente resultou a morte de um tripulante do pesqueiro, que tinha sido transportado para o hospital, enquanto os restantes nove foram resgatados por um navio comercial.

A presente edição da Volvo Ocean Race, cuja segunda etapa terminou em Lisboa, partiu de Alicante (Espanha), em 22 de outubro, tem chegada prevista para Haia (Holanda), em 30 de junho de 2018, depois de 11 etapas em 12 países, com um total de 45.000 milhas náuticas (83.400 quilómetros).

Os veleiros voltam à competição no próximo sábado, com a corrida em porto de Hong Kong, estando previsto o início da quinta etapa (Hong Kong-Guangzhou-Hong Kong), que não é pontuável, para 01 de fevereiro.

O arranque da sexta etapa, que vai ligar Hong Kong e Auckland, na Nova Zelândia, numa distância de 6.100 milhas (cerca de 11.300 quilómetros), está agendado para 07 de fevereiro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.