A próxima edição da Taça América em vela vai ser disputada por sete equipas, entre as quais a campeã, Emirates Team New Zealand, anunciou hoje a organização, indicando que aceitou a inscrição de um veleiro holandês.

A 36.ª edição da mais antiga prova desportiva do mundo, que se realiza em 2021, contará assim com a equipa Royal Netherlands Yacht Club, tornando-se na primeira a ser disputada por sete sindicatos desde Valência 2007.

Além da equipa vencedora e da estreante, a prova, criada em 1851, contará com a participação dos veleiros Luna Rossa (Itália), America Magic (EUA), INEOS Team UK (GB), Malta Altus Challenge (Mlt) e Stars& Stripes Team USA (EUA).

Em 2017, o Emirates Team New Zealand venceu a competição, oferecendo ao seu país, onde a vela é um desporto nacional, apenas igualada pelo râguebi, a tão cobiçada Taça América, competição criada em 1851, tendo este sido o seu terceiro troféu, depois das conquistas em 1995 e 2000.

A equipa vencedora tem o direito de definir as regras da próxima edição da prova e escolher o tipo de barco, tendo o sindicato Emirates Team New Zealand anunciado já opção por veleiros monocasco.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.