As etapas do circuito mundial de voleibol previstas para julho em Espinho e Gstaad, na Suíça, foram hoje canceladas pela federação internacional (FIVB).

O organismo justificou a decisão como forma de “proteger a saúde e o bem-estar de jogadores, árbitros e adeptos durante a pandemia global de coronavírus".

O Espinho Open, etapa de quatro estrelas, ia decorrer de 15 a 19 de julho, enquanto a de Gstaad, de cinco estrelas, ocorreria de 7 a 12 de julho.

A FIVB refere que os cancelamentos foram tomados em “decisão conjunta” com os organizadores dos eventos.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 1,3 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais mais de 73 mil morreram. Dos casos de infeção, cerca de 250 mil são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

O continente europeu, com cerca de 696 mil infetados e mais de 53 mil mortos, é aquele onde se regista o maior número de casos.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 311 mortes, mais 16 do que na véspera (+5,4%), e 11.730 casos de infeçõe

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.