A X Racing, equipa do alemão Nico Rosberg, antigo piloto de Fórmula 1, venceu hoje a terceira edição do campeonato Extreme E, para veículos elétricos de todo o terreno, na última prova realizada no Chile.

A dupla sueca Mikaela Åhlin-Kottulinsky e Johan Kristoffersson, da X Racing, terminou a jornada disputada em Antofagasta, no deserto de Atacama, na segunda posição, beneficiando da desistência da espanhola Laia Sanz (Aciona Sainz), na sequência de um capotamento nos instantes finais, para conquistar o título.

Esta é o segundo troféu da Rosberg X Racing, depois de ter vencido o campeonato inaugural, em 2021.

A vencedora da prova foi a Veloce Racing com os pilotos Molly Taylor e Kevin Hansen, naquela que foi a terceira vitória do ano para a equipa, que garantiu o terceiro posto final do campeonato.

Esta foi a derradeira jornada da competição, que vai no terceiro ano de existência.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.