Lewis Hamilton admitiu esta quinta-feira que pode ter que mudar de motor e, com isso, arriscar uma penalidade de cinco posições no GP do Brasil - um revés que pode destruir as suas esperanças no título.

"Não posso comentar para já. Não sei, mas acho que os motores ainda não chegaram. Pelo que eu sei, o meu motor está bom, mas só ter a certeza mais tarde porque inda não fizemos reunião de engenharia."

Se a Mercedes decidir que Hamilton precisa de um quinto motor esta temporada, isso vai desencadear uma penalidade automática de cinco lugares no grid e vai reduzir as suas hipóteses de conseguir uma vitória para compensar a desvantagem de 19 pontos para Max Verstappen na corrida pelo título.

O holandês da Red Bull dominou as duas últimas corridas no Texas e no México, enquanto Hamilton lutou, mas venceu apenas uma vez em oito corridas desde o Grande Prémio da Inglaterra em julho.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.