O piloto português Miguel Oliveira (Aprilia) espera “marcar pontos” na estreia do Grande Prémio da Índia no calendário do Mundial de MotoGP, no próximo fim de semana.

Em declarações difundidas pela assessoria de imprensa da equipa RNF Aprilia, Miguel Oliveira refere que o circuito indiano “vai ser um desafio a todos os níveis para os pilotos, máquinas e equipas”.

Ainda assim, o piloto natural de Almada diz acreditar que pode “fazer um bom trabalho”.

“Estamos concentrados numa rápida e eficiente adaptação” ao circuito, sublinhou Miguel Oliveira.

Depois de um sexto lugar na corrida principal do Grande Prémio de San Marino, há duas semanas, o piloto da equipa satélite da Aprilia frisa que o objetivo “continua a ser a busca do melhor desempenho possível” com a mota.

“Vamos procurar marcar pontos em ambas as corridas”, concluiu o piloto português.

O GP da Índia é a 13.º de 20 corridas da temporada e marca a estreia do circuito de Buddh no campeonato do mundo de velocidade.

O italiano Francesco Bagnaia (Ducati) chega como líder do campeonato, com 283 pontos, enquanto Miguel Oliveira é 13.º, com 65.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.