Aleix Espargaró protagonizou um momento insólito durante a corrida de MotoGP no Grande Prémio da Catalunha. O espanhol da Asprilla seguia no segundo lugar, numa prova dominada por Fábio Quartararo (Yamaha), quando à entrada para a última volta, abrandou e levantou os braços, acenando ao público.

O espanhol estava convicto que a prova tinha terminado e reduziu drasticamente a velocidade e saiu para uma escapatória, perante o espanto da sua equipa nas boxes. Os próprios comentadores da Sport TV, canal que transmite a prova para Portugal, ficaram confusos já que, ao reduzir, pensaram que o piloto tinha tido algum problema com a sua Asprilla.

Aleix Espargaró deu conta do erro, ainda voltou para a pista mas o máximo que conseguiu foi o 5.º posto.

"A culpa foi minha. Estou muito triste. Olhei para o muro e vi L1 mas esqueci-me que, aqui, a última volta é L0", assumiu, no final, o piloto catalão, que pediu desculpas à equipa, pois considerou que este é um erro "que não se pode cometer quando se luta pelo título de MotoGP".

O erro custou nove pontos a Aleix Espargaró, que mesmo assim mantém o segundo lugar do Mundial com 125 pontos, numa prova liderada pelo francês Fábio Quartararo (Yamaha), vencedor da prova.

De referir que o português Miguel Oliveira (KTM) foi nono na Catalunha, pelo mantém a 11.ª posição, agora com 57 pontos.

A próxima ronda é o GP da Alemanha, em 19 de junho.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.