O piloto Pedro Santinho Mendes (BombardierCan-Am) venceu hoje as 4 Horas SSV de Fronteira, prova de resistência que antecedeu as 24 Horas de todo-o-terreno, que se disputam este fim de semana.

Santinho Mendes concluiu 23 voltas com o tempo de 4:09.56,512 horas, deixando Wilson Galo/Gonçalo Guerreiro (Can-Am X3-RSS) na segunda posição, a uma volta, enquanto João Monteiro (Can-Am X3) ficou em terceiro, também a uma volta.

O piloto da Bombardier assumiu a liderança na última meia hora de corrida, para ser o primeiro a ver a bandeirada de xadrez.

“Uma correia partiu-se, fizemos uma boa parte da corrida com a luz do motor acesa e com falta de rendimento, mas deu para ganhar”, sublinhou Santinho Mendes.

Menos sorte tiveram pilotos como Luís Cidade, o incontestado líder da fase inicial, até não conseguir evitar um toque num piloto acidentado, bem como Miguel Oliveira.

O piloto de MotoGP regressou a esta prova em que se estreou em 2017, terminando este ano no 26.º lugar.

“Sofri alguns imprevistos, mas estou contente por terminar, que é sempre o primeiro objetivo. Gostei do carro, das diferentes condições da corrida e da pista. Foi uma experiência gira, com muita gente a puxar por nós, mesmo nas zonas mais isoladas, por isso, é para repetir”, destacou o piloto de Almada, que, segundo a organização, a cargo do Automóvel Clube de Portugal (ACP), disputou a prova com alguns problemas respiratórios.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.