O piloto alemão Sebastian Vettel (Aston Martin) testou positivo para o coronavírus e vai ser substituído no Grande Prémio do Bahrain, prova inaugural do Mundial de Fórmula 1, pelo compatriota Nico Hülkenberg, anunciou hoje a escuderia britânica.

Em comunicado, a Aston Martin explica que Vettel, tetracampeão mundial (2010, 2011, 2012 e 2013) “testou positivo para a covid-19 e não participará no GP do Bahrain”.

“Será substituído por Nico Hülkenberg, o piloto de reserva da equipa Aston Martin, que irá já participar nos treinos livres”, refere.

Hülkenberg vai disputar a sua primeira prova desde outubro de 2020, quando substituiu o canadiano Lance Stroll, infetado com o coronavírus, no GP de Eifel, na Alemanha.

No GP do Bahrain, agendado para o próximo fim de semana, Hülkenberg, de 34 anos, terá a seu lado Stroll, o outro piloto da equipa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.