Fim de semana futebolístico em Portugal marcado pelas vitórias de FC Porto e Sporting e pelo empate do Benfica em Moreira de Cónegos.
Numa análise rápida e sem fundamentos científico sobrenaturais, poderemos analisar de forma profunda e aprofundada que tudo o que até agora escrevi está totalmente desacreditado pela lógica inerente à necessidade humana de opinar sobre factos e matérias que não domina.
Voltando ao futebol, o FC Porto no último sábado deslocou-se a Famalicão para vencer a equipa local por três golos sem resposta. O pessoal vai dizer que foi uma vitória à filete de pescada, sem espinhas, mas não. O jogo fica marcado pelo erro de arbitragem que perdoa uma grande penalidade ao FCPorto por "mão" de Eustáquio.
Cá para mim, o luso-canadiano foi abrangido pela amnistia papal, aquando da sua visita a Portugal em Agosto deste ano. Ele livra-se de amarelos, ele livra-se de vermelhos, ele escapa de grandes penalidades, meus amigos, ele não é um jogador, ele é o Ricardo Salgado do futebol.
No domingo, o Benfica não além de um nulo a zero na casa do Moreirense.
O Benfica bem tentou chegar ao golo, Schmidt inventou, inventou e voltou a inventar mas não conseguiu. Lembrou-me um bocado o nosso querido presidente da república Marcelo Rebelo de Sousa a tentar esquivar-se do caso das gémeas brasileiras mas sem conseguir. Caro presidente, se é para perder a cabeça com brasileiras, ao menos que tenham mais de 18 anos.
O final do jogo ficou marcado pelas trocas de bocas entre Rafa e os adeptos encarnados. Já viram a lata desta gente? Fazem centenas quilómetros, gastam centenas de euros e ainda têm o desplante de vir reclamar com os pobres dos jogadores. Imaginem o Rafa, a chegar a Lisboa, a entrar na sua viatura topo de gama, a chegar à sua habitação de luxo e a ter de adormecer nos seus lençóis de seda a pensar  nas bocas que ouviu, não se admite.
Na noite de ontem o Sporting recebeu e venceu o Gil Vicente por três bolas a uma.
Esta equipa do Sporting não gosta de jogos fáceis como se viu na Luz e desta vez decidiu dar a vantagem ao adversário com tempo para recuperar.
Depois de se verem a perder os leões aceleraram o ritmo e fizeram um churrasquinho com os galos que vieram de Barcelos.
Neste jogo destaca-se uma vez mais o avançado sueco Gyokeres.
O homem quando era ainda criança, caiu por certo no caldeirão de poção mágica de 'Panoramix' e agora é um poço de força. Ver os jogadores bater em Gyokeres e espalharem-se ao comprido é como ver o 'Obelix' a virar do avesso os soldados das legiões romanas.
O Sporting voltou ao primeiro lugar e o campeonato ao fim de 12 jornadas está mais equilibrado que a luta pela presidência do PS.
#Memes da Bola

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.