O Comité Olímpico Internacional (COI) tem a “vantagem de ter aplicado há muito tempo a solução de dois Estados” no conflito israelo-palestiniano, que lhe permite ter contacto com ambas as partes, afirmou hoje o presidente do organismo, Thomas Bach.

“No que diz respeito a Israel e à Palestina temos uma vantagem nesta situação porque temos, no movimento olímpico, o que se chama a solução de dois Estados”, disse Bach, durante uma cimeira que reuniu, em Paris, cidades que acolheram edições dos Jogos Olímpicos.

O líder do COI explicou que os dois “comités olímpicos nacionais [de Israel e da Palestina] coexistem pacificamente há décadas”.

Israel declarou guerra ao Hamas em 07 de outubro, na sequência de um ataque do grupo islamita palestiniano que provocou a morte de cerca de 1.200 pessoas e ainda levou ao rapto de mais de 240 em comunidades israelitas próximas à Faixa de Gaza.

Desde então, as forças aéreas, navais e terrestres de Israel contra-atacaram no enclave palestiniano, onde mais de 15 mil pessoas já morreram, a maioria crianças e mulheres, segundo as autoridades da Faixa de Gaza – controlada pelo Hamas -, estimando-se que mais de sete mil pessoas estejam desaparecidas sob os escombros.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.