O primeiro evento da Blast Pro Series, agora renomeado como Blast Premier, arranca hoje em Londres e promete ser um início de temporada explosivo para os fãs de CS: GO. A Spring Series reúne 12 das melhores equipas mundiais a disputar um prémio monetário geral de 300 mil dólares. A temporada arranca em estúdio, permitindo às equipas terem por perto os seus fãs a puxar por si.

O Spring Series arranca 2020 como a primeira de duas temporadas previstas para este ano, terminando com um prémio de 1 milhão de dólares para o vencedor da Global Final. Esta final conta com as melhores equipas das competições da organização, mas também são convidadas aquelas que ao longo da temporada se destacaram nos majores, por exemplo.

A organização conta com 12 equipas que consistem em organizações e jogadores consolidados na competição, mas dá também oportunidade de introduzir novas figuras.

A competição conta assim como a dinamarquesa Astralis, atualmente a número 1 do ranking mundial e vencedora da anterior temporada; a Team Liquid, equipa americana terceira no ranking, finalista anterior; a francesa Vitality, quinta no ranking; as americanas Evil Geniuses e 100 Thieves, sexta e sétima no ranking, respetivamente; a Faze Clan, equipa europeia no oitavo posto; a ucraniana NAVI, a europeia G2 e a sueca NIP (Ninjas in Pyjamas), colocadas entre o 9º e 11º lugar no ranking; as três outras equipas são a brasileira MIBR (15º), a europeia OG (24º) e a americana Complexity, atualmente listado no 47º lugar.

Os primeiros encontros já arrancaram e pode assistir no canal oficial da Blast Premier no Twitch.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.