A equipa de eSports (jogos eletrónicos) Guild Esports, apoiada por David Beckham, anunciou esta quarta-feira um projeto de abertura de capital em Londres para arrecadar fundos e contratar novos jogadores profissionais neste setor em expansão.

A Guild Esports foi lançada há apenas alguns meses e entre os seus fundadores está o ex-jogador de futebol inglês, que possui uma participação minoritária.

A equipa tenta atuar principalmente em jogos online muito populares, como Counter Strike, Fortnite survival, FIFA soccer ou Rocket League.

O objetivo da Guild Esports é construir equipas competitivas, nos moldes dos clubes de futebol da Premier League (Campeonato Inglês).

Os eSports, ou desportos eletrónicos, são competições de videojogos de nível profissional disputados individualmente ou em grupo através da internet ou em computadores ligados em rede.

O setor profissionalizou-se nos últimos anos e muitos jogadores no mundo vivem agora dessa atividade.

Segundo estimativas citadas pela Guild, o mercado pode movimentar mil milhão de dólares este ano e 1,5 mil milhões dólares até 2023.

A Guild Esports espera arrecadar 20 milhões de libras (26,1 milhões de dólares) no mercado de Londres, para uma avaliação de 50 milhões de libras (65,3 milhões de dólares).

"A crescente popularidade do eSport no mundo permitiu que várias franquias ganhassem dinheiro com as suas atividades, graças a patrocínios, comércio, produtos licenciados, transmissão online ou torneios", informou Carleton Curtis, CEO da Guild Esports.

"Será a primeira franquia de eSport a entrar no mercado de ações de Londres, o que nos permitirá alcançar a nossa ambição de nos tornarmos uma das dez maiores franquias do mundo em três anos", acrescentou Curtis.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.