A ESL abriu um novo website com o projeto GGForAll, uma iniciativa que procura levar o gaming a todos os cantos do mundo, convidando todos a participar. O objetivo é acabar com a discriminação e a toxicidade nas competições de eSports. Assim, o GGForAll vai lançar um conjunto de novas iniciativas desenhadas para combater a discriminação, promover o bem-estar mental e ajudar no progresso da sustentabilidade ambiental nos eSports.

A primeira grande iniciativa passa pelo anúncio do circuito global feminino de CS: GO, suportado pela Intel e outros parceiros que se vão juntar em breve às competições. As competições dividem-se em três pilares: Ligas, eventos isolados e taças de prémios monetários.

As novas Ligas vão contemplar oito equipas tanto da Europa como a América do Norte, com prize pools de 150 mil dólares por temporada. As três melhores equipas de cada região, juntamente com uma sul-americana e outra da Ásia-Pacífico resultantes de qualificadores abertos, vão participar na Global League Finals no DreamHack Dallas, que se vai realizar entre os dias 3 a 5 de junho de 2022 e o DreamHack Winter previsto para os dias 24 a 26 de novembro do próximo ano.

Durante os festivais DreamHack, vão ser organizados eventos isolados, em que cada um vai receber oito equipas dos qualificadores e convites de todas as quatro regiões, lutando por um prize pool de 100 mil dólares. A organização salienta que estes eventos são iguais aos ESL Challenger, como parte do ESL Pro Tour. E o primeiro evento realiza-se no DreamHack Valencia entre os dias 1 a 3 de julho de 2022.

Por fim, a começar em janeiro de 2022, vão ser adicionadas as Cash Cups para equipas femininas à ESEA. Estas competições oferecem às equipas femininas uma oportunidade de competir duas vezes por mês por um prize pool de 4.000 dólares dividido pelas quatro regiões referidas.

A ESL afirma ser reconhecida como a guardiã da integridade desportiva nos eSports, tomando responsabilidade pela disrupção, prevenção, investigação e acusação para todas as formas de batota, incluindo, embora não limitado, à manipulação das partidas e ao doping.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.