Apesar de muitas das competições se terem adaptado face à situação pandémica da COVID-19, passando os eventos físicos para o domínio online, algumas entidades tinham esperança de salvar este final do ano. Mas o agravamento da pandemia voltou a riscar os planos à Liga Portuguesa de Counter-Strike. Em comunicado, a organização do evento vem assim cancelar a fase de playoffs, assim como a grande final da LPCS.

Conforme é explicado, a LPCS iniciou-se com a premissa de ser uma competição totalmente realizada em LAN, uma proposta diferente e com o objetivo de proporcionar aos fãs, às equipas e aos jogadores o máximo de oportunidades possíveis para competirem ao vivo inseridos num espaço devidamente preparado para tal. Mas devido à pandemia que começou em março, e após reunião com jogador e agentes ligados aos eSports, decidiu-se suspender e regressar quando as condições de segurança fossem favoráveis.

“Com um plano anual de competição que pretendia culminar num dos maiores e mais históricos palcos dos esports portugueses, a direção ajustou o calendário e centrou o seu foco num regresso na Lisboa Games Week, local que iria acolher as Grandes Finais da LPCS, competição essa que faria seguimento aos playoffs do Spring Split.”

Mas o recém-cancelamento do Lisboa Games Week, considera que a competição acabou por perder um dos seus pilares e propósitos centrais devido às presentes circunstâncias. Desta forma, a LPCS não se considera atualmente em capacidade de proporcionar às equipas e jogadores as condições ideais de competição fazendo jus ao projeto visionado, e assim cancelou o que resta da edição de 2020.

A organização refere que irá compensar as equipas pelas despesas e encargos relativos a viagens e alojamentos mediante os valores de base aplicados no prize-pool da competição.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.