A SAW deu um passo gigante no sonho de participar no Major PGL de Antuérpia de CS: GO. A equipa portuguesa ficou apurada no terceiro qualificador aberto do RMR, competição que dá pré-acesso ao Major PGL, a ser realizado na arena Antwerp Sportpaleis, na Antuérpia, Bélgica. Trata-se do próximo Major oficial de CS: GO anunciado recentemente pela Valve.

No entanto, antes da Antuérpia, a equipa de Stardodo, Mutiris e Just precisa debater-se com mais 15 equipas do Grupo A num qualificador fechado. Ou seja, das 32 equipas que vão estar presentes nos estúdios da PGL em Bucareste, entre os dias 17 a 20 de abril, apenas saem oito vagas para a importante competição, que conta com um prémio monetário de 1 milhão de dólares.

Para se qualificar, a equipa portuguesa tem de garantir três vitórias nas cinco partidas disputadas. Este qualificador obedece ao formato suíço, com todas as partidas a serem disputadas em formato Bo1, exceto nos encontros que sejam para apurar ou eliminar, que contam com o sistema Bo3. Vai ainda ser utilizado o sistema Buchholz, entre as rondas 3 e 5, para evitar que as melhores equipas se anulem.

A SAW não vai ter a vida facilitada, uma vez que tem no seu grupo equipas como a Virtus-pro, FaZe Clan, Natus Vincere, BIG, fnatic, Dignitas e outras equipas de craveira internacional.

Equipas do Grupo A:

Natus Vincere

FaZe Clan

Vitality

Virtus.pro

Heroic

OG

BIG

MOUZ

fnatic

forZe

Dignitas

GamerLegion

Eternal Fire

SAW

Unique

QUAZAR

Equipas do Grupo B:

Gambit

G2

NIP

Astralis

Entropiq

ENCE

Copenhagen Flames

HEET

Sprout

Endpoint

Spirit

SINNERS

Bad News Eagles

AVE

Anonymo

Sangal

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.